terça-feira, maio 15, 2007

Saber como não dominar é mais importante do que saber liderar.

Saber como não dominar é mais importante do que saber liderar.

Dominar significa ter autoridade ou poder sobre. Exercer autoridade e domínio. Subjugar.Vencer. Preponderar; prevalecer. Creio que o sentido da frase acima é no sentido de subjugar, prevalecer e vencer.
Temos a tendência, como seres humanos que somos de dominar os outros, subjugando-os às nossas certezas e desejos. Isso se torna mais evidenciado quando estamos liderando um grupo ou uma situação. Sem perceber ou não, estufamos o peito nas nossas falas em detrimento às das outras, que sempre ficarão em segundo plano, pois escutamos, mas não ouvimos realmente o que nos é dito. Já estamos convencidos que temos todas as soluções e certezas, visto que não há problemas dos outros, que não sabemos apontar possíveis soluções. Temos a palavra final, que deve prevalecer e dominamos mais ainda, quando nossa liderança é questionada e reagimos até mesmo agressivamente. Sendo assim, nossa liderança deixa de liderar, passando a competir. E nessa competição, anulamos o que deveríamos estimular, ou seja, a iniciativa que se desenvolve em outra possível liderança.
Cometemos erro capital à medida que não percebemos que nossa liderança terá sucesso, quando de nós já não necessitarem mais. Assim cumprimos nosso papel. Esquecemos que devemos administrar as vaidades de nossos liderados e não eliminá-las. Nossa liderança fica mais leve, quando percebemos que o fato de estarmos liderando, não significa que temos que ter todas as respostas ou enxergamos todos os fatos. É melhor e mais promissor, fazer dos liderados, nossos olhos e porque não, nossas mentes, donde surgem as idéias novas que nos fazem crescer como equipe e individualmente. É simplesmente, somar esforços, dividindo responsabilidades. Verdadeiramente, liderar é servir mais a todos da equipe, amenizando danos, desenvolvendo e descobrindo potencialidades, registrando progressos e reorientando rumos em casos de possíveis desvios. É cuidar mais de nossos irmãos e amigos, evidenciando o amor de Deus para com eles.
Penso que a diferença entre se dominamos ou lideramos de verdade, é quando deixamos de oficialmente sermos líderes, mas que apesar disso, ainda somos seguidos, em nossos passos, em nossas idéias e comportamentos.O que conseguimos com liderança, permanece mais tempo do que com a dominação. O tempo passa, mas a autoridade e influencia não. É isso aí.
Marcelo Pinto