segunda-feira, abril 09, 2007

Silêncio bom silêncio ruim...

Tem silêncio que é introspecção, é reflexão, é análise interior. Mas há outros que são gritos de vergonha e desespero sem força, de vida mortificada mas que não é renascer, é sim, apenas depressão e medo... Houve um profundo silêncio, o maior de todos, ouvidos por todas as criaturas criadas, um que ofuscou a adoração do quatros querubins e seus compatriotas, silêncio em resposta a uma simples e profunda pergunta: Onde tu estás? É incrível, mas até hoje, nós descendentes daquele que silenciou, assim como ele, estamos estupefados, perplexos diante da mesma pergunta e como nosso pai, não temos uma resposta exata. A falta de exatidão ou melhor, falta de resposta veio a produzir o mundo em que vivemos. Mundo triste, triste mundo, com muitos contentamentos mas sem efetiva alegria.Entre a pergunta e a resposta, evidenciamos guerras, mortes, angustias sem fim, pesares e tragédias que a cada dia se fazem mais evidentes...Parece que vivemos um tempo que não deveria existir, sendo assim, vivemos um lapso de tempo no tempo que existe, mas não vemos... Onde tu estás? Onde você está? Aonde você vai? Você pode responder? Please!

Nenhum comentário: